Fiemg toma ação para atualização do Marco regulatório de Licitações, evitando o favorecimento de corrupção

Depois de 23 anos em vigor, a Lei de Licitações (Lei 8.666/93) precisa urgente de revisão, afim de que as falha possam ser reduzidas durante os processos licitatórios e assim evitem o favorecimento à corrupção, declara a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

Especialistas discutirão a urgência de adequação e atualização da Lei 8.666/93, compreendendo os Avanços tecnológicos e de Sustentabilidade, visando a retomada do crescimento sócio econômico, competitividade, compliance e controle destes processos.

Todo o processo auditado, será dividido com o setor empresarial e tem o apoio e participação de representantes da OAB, CGU, TCU TCE-MG entre outros, garante o presidente da Fiemg, Olavo Machado Junior.